Produtos de industrianato: saiba aqui como reconhecê-los

Ao ver o termo “produtos de industrianato”, por causa da semelhança nos nomes, muitos logo associam-no à ideia de artesanato. No entanto, essas duas formas de trabalho são totalmente diferentes. Se você gosta de autenticidade e preza por objetos únicos, cheios de arte e cultura, é importante entender essa diferença.

A seguir, confira o que caracteriza o industrianato, como reconhecer produtos do tipo e o que efetivamente o diferencia do artesanato. Boa leitura!

O que é industrianato?

O termo refere-se a produtos semi-industrializados, feitos em larga escala, com pouca ou quase nenhuma diferença entre as peças. É um misto de produto industrial com artesanato.

Os produtos de industrianato também podem ser chamados de souvenirs. São frutos de uma produção em série, com máquinas, moldes e equipamentos. Eles podem ser decorativos ou utilitários e sua cópia é comumente praticada, uma vez que não possuem uma identidade para garantir sua originalidade.

Como começou?

A prática se iniciou em paralelo à Revolução Industrial. Com as novidades tecnológicas que surgiram na época, tornou-se possível a fabricação em larga escala de diversos produtos por um preço menor de prateleira, atraindo o consumidor.

Gastava-se menos para produzir e a produção era feita de uma forma cada vez menos íntima, o que, consequentemente, diminuía o valor agregado dos produtos.

Diferença de industrianato, artesanato e trabalho manual

A UNESCO define artesanato como produtos “produzidos por artesãos, totalmente à mão ou com a ajuda de ferramentas manuais ou, ainda, com a utilização de meios mecânicos, desde que a contribuição manual direta do artesão seja o componente mais importante do produto acabado”.

Na Base Conceitual do Artesanato Brasileiro, há também outros conceitos interessantes como, por exemplo, não ser considerado artesão aquele que “trabalha de forma industrial, com o predomínio da máquina e da divisão do trabalho, do trabalho assalariado e da produção em série industrial”.

Lapidação de pedras preciosas, fabricação de sabonetes, perfumarias e habilidades aprendidas por meio de TV, revistas, livros, dentre outros, sem uma identidade cultural, também não se classificam como artesanato.

Sendo assim, o artesanato consiste em peças exclusivas, de valor simbólico e cultural. É uma produção totalmente original, na qual o artesão tem domínio técnico para transformar a matéria-prima ou manufaturada em um produto acabado.

As técnicas para o artesanato são predominantemente manuais e os trabalhos têm dimensão cultural. Isso significa que guardam memórias de conhecimentos tradicionais e familiares que são repassados dentro de um contexto histórico, e renovam-se na arte.

Diferente do que ocorre no artesanato, no industrianato as pessoas envolvidas na produção conhecem apenas uma parte específica do processo e não há um valor cultural.

Já o trabalho manual utiliza moldes e padrões pré-definidos, não havendo um processo efetivamente criativo, como é caso do patchwork. Costuma ser um passatempo, apesar de exigir habilidade.

Como reconhecer produtos de industrianato

É importante saber de onde vem o que você está comprando. Procure por informações sobre quem produziu, a matéria-prima utilizada e os processos de produção envolvidos.

Se você está passeando em uma loja comum, que não seja preocupada com a autenticidade de suas peças, e encontra algo que lhe pareça artesanato, observe a prateleira. Existem outros iguais? Os acabamentos são padronizados? Há um número de série? Se a resposta a essas perguntas for afirmativa, então, certamente não é artesanato, mas, sim, industrianato.

Uma peça que foi comprada pronta e depois pintada é um trabalho manual, já que não houve transformação da matéria-prima com caráter cultural. Um produto de utilidade doméstica feito a partir de cerâmica, se é encontrado em um supermercado ou em feiras de rua, mesmo com detalhes que parecem feitos à mão, é industrianato, pois foi padronizado e feito por meio de produção em massa.

Portanto, agora que sabemos mais informações sobre a diferença entre produtos de industrianato e artesanato, fica mais fácil constatar que não é necessariamente uma questão de beleza que os distingue, mas, sim, o modo de se fazer.

Gostou desse post? Deixe-nos um comentário abaixo e compartilhe conosco a sua opinião!

Ei! Gostando do nosso artigo?

Veja nosso site, temos mais conteúdos e projetos maravilhosos para você ver.

acesse o site
Aluisio Marinho

Aluisio Marinho

Artista Plástico e Designer formado pela instituição PUC-GO em 2005 e Pós graduado em Design de Interiores. Cores e linhas fazem parte constantemente do meu processo criativo

ONDE ESTAMOS

Av. Salomé José Rodrigues, nº 807
Recanto Casarão, Barra do Garças – MT
CEP:78.600-000

CONTATOS

Email: [email protected]
Telefone: (66) 3401-3889
Whastapp: (66) 9240-9632

© 2020 Com Alma.