Pode parecer um mito, mas comprar obras de arte é mais fácil do que parece e você não precisa ser um grande conhecedor de arte para isso!

Quer saber como fazer? Confira neste texto 3 aspectos para considerar quando for comprar uma obra de arte.

1. Entenda a finalidade da peça de arte

Ao comprar uma peça de arte, é importante questionar a finalidade dela. Uma obra, seja uma tela, escultura, fotografia, ou artesanato, precisa ter uma finalidade no ambiente em que será inserida. Por esse motivo, na hora da compra, tenha em mente qual será o ambiente em que ela ficará. Uma sala ou um quarto? Vai ficar na parede, em cima de uma mesa ou aparador? Visualize a cena e tenha certeza de que isso facilitará a sua escolha.

Não podemos nos esquecer do lado emocional do comprador. Já dizia o grande sociólogo francês Pierre Bourdieu, toda obra de arte possui uma “alma”, que deve ser considerada um critério importante na hora da compra. Essa “alma” da obra é individual, assim como o observador, e está diretamente ligada às técnicas, cores, linhas e formas de cada peça. Em outras palavras, é preciso “sentir” a peça antes de comprar.

Portanto, ao adquirir uma obra de arte, entenda primeiro a finalidade desta no ambiente em que será inserida. Logo depois, analise as opções para saber se alguma delas mexe com seus sentimentos de alguma forma. Esse é um grande segredo para trazer mais essência ao seu ambiente.

2. Defina quanto você quer pagar

Saber a faixa de preço que você pode pagar confortavelmente é essencial antes de comprar uma obra de arte. Para encontrar esse valor e pagar o que for justo, é preciso conhecer mais sobre os artistas e ter em mente os conceitos básicos de preços. Dois pontos importantes:

  • conheça a história do artista e suas técnicas de criação. Geralmente, quanto mais experiência e renome, mais cara é uma peça de arte;
  • outro aspecto relevante é o tamanho da obra. Uma peça maior vai custar mais porque, normalmente, requer mais tempo e esforço para ser concluída.

Seguindo esses passos, além de conhecer mais os artistas e suas histórias, saberá quanto vai pagar e que peça levar!

3. Não tenha medo de negociar

Muita gente fica acanhada em pedir um desconto ao artista, pois acha que vai ofendê-lo. Tire isso da cabeça! Afinal, você está fechando um negócio.

Então, se optar por comprar diretamente de uma galeria, é recomendável falar e pedir um desconto. Uma galeria quer desenvolver relações amigáveis com os compradores de primeira viagem e, provavelmente, não se importaria em oferecer condições melhores.

Existem galerias on-line nas quais se consegue adquirir muitas peças, porém, apesar de ser mais fácil para comprar, nem sempre é possível negociar diretamente com o artista.

Essas foram algumas dicas para comprar peças de arte. Nesse processo de compra, é importante também evitar cair em armadilhas. Geralmente, feiras de arte e leilões ao vivo criam uma sensação de urgência, dando ao comprador pouco tempo para decidir como realmente se sente sobre uma peça de arte. Evite o calor do momento e tenha em mente o seu orçamento e o sentido daquela obra de arte para você.

E aí, está interessado em adquirir uma peça de arte? Então, fique à vontade para conhecer as opções oferecidas pela ComAlma. Trabalhamos com arte de todos os cantos do país!

Ei! Gostando do nosso artigo?

Veja nosso site, temos mais conteúdos e projetos maravilhosos para você ver.

acesse o site
Aluisio Marinho

Aluisio Marinho

Artista Plástico e Designer formado pela instituição PUC-GO em 2005 e Pós graduado em Design de Interiores. Cores e linhas fazem parte constantemente do meu processo criativo

ONDE ESTAMOS

Av. Salomé José Rodrigues, nº 807
Recanto Casarão, Barra do Garças – MT
CEP:78.600-000

CONTATOS

Email: [email protected]
Telefone: (66) 3401-3889
Whastapp: (66) 9240-9632

© 2020 Com Alma.