A arte em Minas Gerais: 3 curiosidades incríveis!

Podemos dizer, com tranquilidade, que a arte em Minas Gerais é uma das mais ricas e históricas do Brasil. Com obras que podem ser vistas e até vividas, ainda hoje, em diversas cidades mineiras é possível afirmar que se trata de um dos berços das artes brasileiras.

Se você ainda não estava atento a esses detalhes, mostraremos algumas curiosidades bem interessantes a respeito. Assim como qualquer forma de arte, conhecer suas particularidades as tornam ainda mais significativas.

1. O barroco foi o primeiro movimento artístico brasileiro

Esta é uma das primeiras escolas a serem estudadas quando se fala de arte no Brasil. O Barroco Mineiro se inspirou tanto nas raízes europeias, essencialmente de Portugal, quanto sofreu influências dos próprios movimentos brasileiros, de regiões como Rio de Janeiro e Salvador.

O interessante no Barroco Mineiro é a forma como ele se desenvolveu com o passar das décadas, após o século XVIII. A influência católica, somada à identidade cultural já crescente no país, criaram ambientes únicos. Você pode ter um belo exemplo dessa relevância visitando Ouro Preto e Mariana.

2. O Circuito do Ouro é a porta de entrada para a arte em Minas Gerais

Muitos artistas de destaque fizeram história na arte mineira. Além do conhecido Aleijadinho, há outros nomes, cujas obras podem ser vistas até hoje, como Manuel da Costa Ataíde, Antônio Francisco Lisboa e Mestre Valentim. Eles fecharam como as principais referências da época, ainda reconhecidas.

Uma maneira muito simples de acompanhar esses feitos com seus devidos destaques é visitando a região do Circuito do Ouro. Trata-se de um conjunto de cidades, próximas da capital Belo Horizonte, que agrupa as principais obras desses artistas.

Só para você saber, eis as cidades que fazem parte do circuito:

  • Congonhas;
  • Ouro Preto;
  • Ouro Branco;
  • Nova Era;
  • Itabira.

Fazer o tour por essas e outras cidades do circuito lhe proporcionarão uma verdadeira experiência histórica.

3. Aleijadinho foi o maior contribuidor da arte mineira

É realmente muito difícil não falar da arte em Minas Gerais sem mencionar Aleijadinho. Em suas obras pelas várias cidades da antiga capitania mineira, ele foi o principal artista na expansão do barroco brasileiro.

Suas obras, ainda existentes, possuem um valor inestimável. Acredita-se que ainda existem exemplares de suas esculturas e pinturas ainda não descobertos. Para quem não tem acesso, de forma mais facilitada, a essas obras raras, há alguns pontos públicos que você pode visitar.

Dentre eles, podemos destacar:

  • Igreja de São Francisco de Assis, em Ouro Preto;
  • Igreja de Nossa Senhora do Pilar, em Nova Lima;
  • Santuário de Bom Jesus do Matosinhos, em Congonhas;
  • Museu da Arte Sacra, em Mariana.

Esses são apenas alguns dos vários exemplos de ótimos lugares para conhecer uma parte muito importante da história da arte brasileira. Os locais, devidamente cuidados, mantêm com fidelidade o clima da época.

Gostou das curiosidades sobre a arte em Minas Gerais? Então, compartilhe com seus amigos, e não deixe de curtir nossa página no Facebook! Temos sempre novidades variadas de tudo que envolve a arte! Vale muito a pena conferir. Até a próxima!

Ei! Gostando do nosso artigo?

Veja nosso site, temos mais conteúdos e projetos maravilhosos para você ver.

acesse o site
Aluisio Marinho

Aluisio Marinho

Artista Plástico e Designer formado pela instituição PUC-GO em 2005 e Pós graduado em Design de Interiores. Cores e linhas fazem parte constantemente do meu processo criativo

ONDE ESTAMOS

Av. Salomé José Rodrigues, nº 807
Recanto Casarão, Barra do Garças – MT
CEP:78.600-000

CONTATOS

Email: [email protected]
Telefone: (66) 3401-3889
Whastapp: (66) 9240-9632

© 2020 Com Alma.